Cuidados necessários com seu gato sênior

A  maioria dos donos  de  gatos  gostaria que seus bichanos fossem sempre ativos e brincalhões como quando filhotes  recém acolhidos na casa, mas lembre-se eles não  vão ficar jovem para sempre, envelhecem e com o tempo aquele gatinho espoleta será um idoso também conhecido como gato sênior .

Não  há uma forma exata  de como calcular a idade do felino para saber ele já é idoso, alguns profissionais da falam que gatos a partir dos 7  anos  é já um sênior outros depois dos 10 anos.

A melhor maneira de ajudar a manter o seu gato o mais saudável possível e uma longevidade maior na vida  é reconhecer os sinais de envelhecimento e aprender mais sobre doenças comuns que podem afetar gatos idosos.

Mudanças de comportamento de um gato sênior

Fisicamente, o seu gato idoso pode começar a ter dificuldade para se locomover e chegar aos lugares em sua casa que normalmente tinha acesso. Saltar  na  janela ou em outro local  favorito agora pode ser difícil.

Quando se trata de caixa de areia, a artrite  pode se  tornar  um obstáculo  para o seu gato para entrar e sair, o ideal é fazer algumas adaptações para ele não tenha muita para usar a caixa de areia.

Artrite ou rigidez articulações também pode tornar difícil para o gato para chegar a uma posição de pé e caminhar até a caixa no tempo para esvaziar a bexiga.

É comum gatos idosos sofrerem de diabetes ou na insuficiência renal e por consequência o aumento de consumo de água que prejudica o controle da bexiga impedido que ele chegue a tempo na caixinha de areia para suas necessidades.

Outro motivo é a perda auditiva é normal facilitando para o animal dormir profundamente e como resultado ele não recebe a mensagem do cérebro que é hora de urinar.

A constipação é outro problema comum em gatos mais velhos. Isso pode o  levar a caixa de areia várias vezes e ele pode não conseguir defecar o que torna os simples momento de fazer necessidades um martírio .Gatos com sentidos declínio também pode ser mais facilmente assustado.

Alimentação do seu gato sênior

Consulte um veterinário para definir uma alimentação adequada para seu gato idoso e impedir que  ganhe muito peso, pode contribuir para surgimento e agravamento de uma série de doenças.  O excesso de peso comprometer ainda mais a mobilidade do animal enrijecendo suas articulações.

Não elimine proteínas e gorduras da dieta do vovô gato esses nutrientes são fundamentais para saúde. O hábito alimentar pode mudar em gatos mais velhos.Alguns  comem  melhor quando o alimento quando  é aquecido ligeiramente, porque isso traz o aroma.

Doenças comuns em gatos idosos 

Algumas doenças  crônicas nos felinos podem surgir em qualquer idade dependendo dos cuidados que se tem, mas quando se trata de um gato  sênior isso pode agravar e surgir outras doenças com envelhecimento do animal. É indispensável consultas regulares ao veterinário para prevenir ou tratar as seguintes doenças:

Artrite- a locomoção fica mais difícil
Audição – com a idade é comum a diminuição e a perda
Queda dos dentes – inflamações na gengiva
Câncer –
disfunções cognitivas
Constipação
Diabetes
Doença inflamatória intestinal
Doença renal crônica
Emagrecimento- ocasionado muitas pela queda dos dentes
Fígado – colangite entre outros problemas
Hipertensão
Hipertireoidismo
Obesidade – diminuição da locomoção
Alterações no parelho urinário
Visão – diminuição e perda.

Mantenha seu gato ativo

O exercício é uma parte importante da vida de um gato em qualquer idade. Mesmo se o seu gato já é  idoso  e perdeu um pouco daquela destreza de antes, você ainda pode envolvê-lo com brinquedos interativos como bolinhas e outros  meios divertidos fazendo animal se mover deixando as articulações saudáveis.

Saiba onde acomodar o seu gato sênior 

Providencie uma cama mais confortável  com cobertores e tolhas,  longe de outros animais e lugares com trafego de pessoas, isso pode  estressar o idoso.  Facilite o seu acesso aos potes de comida ou água, bem como a caixinha de areia  com as laterais mais baixa para ele entrar e sair sem  dificuldades.

Tenha paciência se o seu gato não fizer as necessidades no lugar certo e o ajude a sua higienização com essa idade já não consegue se limpar como antes.